HOME | INSCRIÇÕES | REGULAMENTOS | FÓRUM | SUPORTE | LOGIN
Subrinhos Adventure Kart Racing - PR   

Fotos

Pilotos

Campeonatos


Lista de Notícias
Notícias

30/Set 10:52
resultados


20/Jul 15:32
Nota sobre o resultado da 3ª etapa:


17/Mai 16:12
2ª ETAPA - 2011


22/Mar 16:59
Subrinhos Invadem os Campos Gerais


14/Jan 17:19
CONFRATERNIZAÇÃO - 2010


28/Jun 09:35
Raceland


10/Mai 11:02
CHUVA ADIA 4º ETAPA


17/Mar 13:52
2010


10/Fev 15:56
SAKR - 2010


19/Out 09:01
Encerramento 3º SAKR


25/Set 17:33
8ª Etapa - Final


23/Jun 13:48
7ª Etapa


18/Mai 09:55
Confirmação 5ª Etapa


27/Abr 09:43
Confirmação 4ª Etapa


25/Mar 14:05
3ª Etapa


18/Mar 14:35
Confirmação 2ª Etapa.


29/Jan 15:15
Inscrições Abertas


20/Jan 13:55
3º SAKR - 2009


04/Nov 16:04
premiação


14/Out 11:46
Fim

     |    próxima >
7ª ETAPA
Autor: Ivo Cetnarski 28/Ago 15:40


Após capotagem corrida é interrompida para entrada de Ambulância e carro dos para-médicos ? Mais que emoção e adrenalina marcaram a Etapa Final do 1º SAKR-2007

 

O GP que ocorreu no último sábado (25/08/2007) no Kartódromo Internacional de Curitiba, Raceland em Pinhais-PR, foi mais que emocionante, os pilotos que compareceram puderam conferir de perto a mega-estrutura extremamente profissional do kartódromo, além de participarem da corrida mais eletrizante do campeonato.

 

A pista com seus 1.250 metros é um espetáculo aparte, retas intermináveis são seguidas de curvas de alta velocidade intercaladas por um miolo tecnicamente difícil, que levou vários pilotos experientes a conhecerem o gosto da poeira da área de escape, isto sem falar na qualidade e potência dos Karts que chegam a pegar 88 km/h no final da reta dos boxes.

 

Apesar de tudo isto a corrida teve várias baixas, quatro dos dez pilotos não participaram da etapa. O piloto Brunno foi pego na exame anti-menor idade e foi impedido de participar, Ricardo e Didio, ambos alegaram incompatibilidade de recursos patrimoniais e não compareceram. Já o piloto e DJ Amarildo foi até o kartódromo, mas devido ao atraso no início da corrida e sabendo que não seria prejudicado no resultado final do campeonato caso não corresse, abandonou o local para animar como DJ, a 3ª Noite da Tequila na Abbey Disco Pub, grandiosa festa rave que aconteceu em São José dos Pinhais na mesma data da etapa.

 

O grid de largada foi o seguinte: Wagner com a pole, Zé em segundo, Neto em terceiro seguido de Netinho, Rubens e Ivo. A corrida contou também com dez pilotos coadjuvantes contratados para dar mais emoção à corrida devido ao tamanho da pista.

 

A Corrida:

Karts posicionados lado a lado no grid, luzes vermelhas acesas, o ronco dos motores aumentando, o coração batendo cada vez mais forte, o cheiro de gasolina impregnando o ar, adrenalina a mil por hora... Não há como descrever a sensação das luzes vermelhas apagando o pé direito pesando, o pedal sendo pressionado com raiva e carinho ao mesmo tempo, o volante procurando a melhor posição para a entrada na curva, karts rodando, poeira levantando e você saindo ileso da primeira curva... prazer indescritível.

 

Depois da emoção da largada neste kartódromo, vivida por seis dos pilotos deste campeonato, a emoção só foi crescente. O piloto Wagner que largou na pole rodou nas primeiras voltas e passou para a ultima posição, com a busca frenética para volta a liderar a corrida, provou mais uma vez que agressividade demasiada na pista não é a melhor qualidade de um piloto, e que a prudência, o bom censo e a responsabilidade não devem ser deixados de lado em esportes como o kart que combinam alta velocidade, perícia e condições humanas passíveis de erros...

 

Wagner após sair da reta dois, entrou com muita velocidade na curva oposta, escorregou na zebra e perdendo o controle do kart partiu com força para a área de escape, para seu desespero o kart encontrou uma depressão (buraco) e tombou, capotando várias vezes antes de parar com as rodas para cima. Wagner teve sorte de cair fora do kart e não ser atingido pelo mesmo.

 

Imediatamente, percebendo a gravidade do acidente, os responsáveis pela pista interromperam a corrida para dar atendimento ao piloto acidentado, uma ambulância equipada para atendimento médico de emergência entrou na pista  para prestar os primeiros socorros, mas felizmente, graças a proteção divina com que contamos e os equipamentos de segurança nada de grave acorreu com Wagner, que saiu andando da pista, para alivio dos pilotos que estavam todos apreensivos com o acidente...

 

Após nova largada, não menos emocionante que a primeira, se definiu o resultado final da prova, José Senke ficou em primeiro, sua primeira vitória no campeonato, Neto ficou em segundo e Ivo completou o podium mais uma vez mesmo estando comprovadamente com o pior kart da corrida. Netinho, lutando para controlar a potencia de seu kart ficou em quarto, seguido de Rubens na quinta posição. Wagner que devido às avarias em seu equipamento (destruição total, diga-se de passagem) não pode continuar a corrida depois do acidente, ficou com a sexta posição e mesmo assim fez a melhor volta da corrida.

 

O Campeonato:

Findadas as sete corridas programadas podemos afirmar que conseguimos atingir em cheio o esperado com o campeonato, sabemos que as regras eram as mais básicas possíveis e talvez não as melhores, e com toda certeza vamos trabalhar para que o próximo campeonato seja mais disputado e equilibrado.

 

Mesmo assim, em sete corridas tivemos 5 campeões, nenhum ganhou mais de duas vezes, até a ultima etapa apenas 3 pilotos faltaram às corridas e todos justificaram com antecedência. Em sete corridas, apenas uma desclassificação, mas para compensar muita alegria, adrenalina, amizade, velocidade, satisfação e cheiro da gasolina.

 

A classificação final foi esta:

 - Amarildo       36 pts - 00 descartados  =  36 pontos;

 - Zé                  39 pts - 04 descartados  =  35 pontos;

 - Wagner         28 pts - 01 descartados  =  27 pontos;

 - Ivo                  27 pts - 01 descartados  =  26 pontos;

 - Neto              22 pts - 01 descartados  =  21 pontos;

 - Rica              19 pts - 00 descartados  =  19 pontos;

 - Ari Neto        17 pts - 01 descartados  =  16 pontos;

 - Didio             16 pts - 00 descartados  =  16 pontos;

 - Rubens         08 pts - 00 descartados  =  08 pontos;

10º- Brunno          05 pts - 00 descartados  =  05 pontos;

 

 

Amarildo levou o troféu do campeonato vencendo duas vezes e ficando em segundo três vezes. Já José Senke que ficou em segundo, fez com certeza a campanha mais regular do campeonato, conseguiu o maior número de pontos, mas considerando o descarte obrigatório da pior prova foi o que mais perdeu pontos, 04 no total, faltou apenas mais uma vitória para que ele levasse o troféu. Em compensação, Wagner teve uma das campanhas mais irregulares, começou mal nas duas primeiras provas, ganhou a terceira, ficou em segundo na quarta etapa, foi desclassificado na quinta, ganhou a sexta e capotou na sétima, mesmo assim ficou em terceiro na classificação geral, tirando o lugar de Ivo. Ivo, uma das grandes esperanças no campeonato decepcionou, fez uma campanha até que regular, mas abaixo da média, não conseguiu nenhuma vitória e foi ao podium três vezes, as outras corridas alternou quartos e quintos lugares. Neto que conquistou o quinto lugar na classificação do campeonato também fez uma campanha regular, alternou quartos e quintos lugares, e seu melhor resultado foi à segunda colocação na sétima etapa. O sexto lugar ficou com Ricardo, que começou a se recuperar gradativamente após a terceira etapa, mas não foi suficiente para ficar entre os cinco primeiros. Netinho ficou em sétimo, começou meio desajeitado, mas durante o campeonato demonstrou que tem futuro como piloto, surpreendeu ficando em primeiro na quinta etapa, e certamente surpreenderá mais nos próximos campeonatos, só lhe falta um pouco de prática para manter o kart na pista. Didio que começou vencendo não demonstrou a mesma perícia nos demais GPs, foi um dos únicos pilotos a faltarem duas corridas o que o prejudicou bastante, com isto ficou na oitava posição. O nono lugar ficou com Rubens, seu lema devagar e sempre foi levado a sério no campeonato, mas certamente lhe faltou sorte em algumas corridas, na próxima será melhor. Na décima posição ficou o casula Brunno, melhorou significativamente em comparação com o começo do campeonato, colocando na balança sua idade podemos afirmar que em pouco tempo dará trabalho aos demais pilotos, infelizmente não pode participar da última etapa por ser menor de 16 anos.

 

É isto ai pessoal, ai está um resumo do campeonato, e esperamos contar com todos os pilotos para o próximo, e também mais alguns, para abrilhantar ainda mais nossa diversão.

 

Novamente agradecemos os pilotos e o público participante, e nos mostramos ansiosos para o próximo campeonato, que certamente será melhor e mais gostoso... Assim que definirmos as novas regras e calendários teremos mais notícias... Fiquem atentos...

 



 


© COPYRIGHT 2007 PRIMEKART - All rights reserved