KBRQ
HOME | INSCRIÇÕES | REGULAMENTOS | FÓRUM | SUPORTE | LOGIN
KARTBRQ - SP   

Fotos

Pilotos

Campeonatos


Lista de Notícias
Notícias

17/Abr 12:10
"Trio do difusor" retoma domínio...


17/Abr 12:06
"Não há como se esperar muito"


08/Abr 19:37
Veja frases sobre o GP da Malásia.


08/Abr 19:26
Massa se diz surpreso com domínio...


24/Mar 12:21
Nelsinho Piquet anda de kart em Melbourn


23/Mar 17:45
Felipe Massa correrá com número 3 em 200


20/Mar 18:47
Maior diferença entre pneus


20/Mar 18:18
FIA volta atrás e já admite 'enterrar' n


19/Mar 14:42
VEJAM! Vantagem do cartão "Granja Viana"


30/Mar 13:00
F1 Cingapura testa sistema de iluminação


30/Mar 12:59
Schumacher é quarto em corrida de moto


18/Fev 21:01
Réplica McLaren com palitos de fósforos


18/Fev 20:54
McLaren está usando uma nova calota


11/Fev 16:22
Massa supera Räikkönen e termina testes


11/Fev 14:55
Kimi e Massa, voltas impressionantes


06/Fev 17:47
Schumacher vira proprietário de equipe


01/Fev 11:58
Red Bull utiliza nova asa radical


31/Jan 16:21
Renault faz lançamento oficial do R28


30/Jan 15:02
Novo carro fará a Honda mais competitiva


29/Jan 15:33
Brawn está gostando do desafio de ajudar

     |    próxima >
Brawn está gostando do desafio de ajudar
Autor: Leonardo Grecco 29/Jan 15:33


Brawn está gostando do desafio de ajudar a Honda a evoluir
29/01/2008 - 11h34


F-1

UOL

O novo chefe de equipe da Honda, Ross Brawn, destacou que sua vida na montadora japonesa tem sido extremamente positiva. Durante a apresentação do novo carro, o britânico revelou que está gostando do desafio de reestruturar a escuderia e ajudá-la a voltar a ser competitiva.

"A atitude e o compromisso das pessoas é de primeira classe e estou confiante de que, assim, seremos capazes de evoluir. É claro que temos um enorme potencial em diversas áreas", falou Brawn, que ajudou Michael Schumacher a conquistar seus sete títulos na Benetton e na Ferrari.

"Havia muito entusiasmo no passado, mas talvez os esforços não foram coordenados da maneira certa. Nós precisamos trabalhar na direção correta", emendou o inglês, que teve um ano sabático em 2007 e considera que a meta da Honda para este ano é progredir.

"Temos de voltar à uma posição respeitável. Obviamente 2007 foi difícil, então as nossas ambições estão em avançar. Nossos objetivos é dar cada passo de forma positiva e poder somar pontos", concluiu o chefe da equipe.

Na temporada passada, a Honda marcou apenas seis pontos, todos com o piloto Jenson Button, que segue na escuderia neste ano junto com o brasileiro Rubens Barrichello.



 


© COPYRIGHT 2007 PRIMEKART - All rights reserved