KBRQ
HOME | INSCRIÇÕES | REGULAMENTOS | FÓRUM | SUPORTE | LOGIN
KARTBRQ - SP   

Fotos

Pilotos

Campeonatos


Lista de Notícias
Notícias

17/Abr 12:10
"Trio do difusor" retoma domínio...


17/Abr 12:06
"Não há como se esperar muito"


08/Abr 19:37
Veja frases sobre o GP da Malásia.


08/Abr 19:26
Massa se diz surpreso com domínio...


24/Mar 12:21
Nelsinho Piquet anda de kart em Melbourn


23/Mar 17:45
Felipe Massa correrá com número 3 em 200


20/Mar 18:47
Maior diferença entre pneus


20/Mar 18:18
FIA volta atrás e já admite 'enterrar' n


19/Mar 14:42
VEJAM! Vantagem do cartão "Granja Viana"


30/Mar 13:00
F1 Cingapura testa sistema de iluminação


30/Mar 12:59
Schumacher é quarto em corrida de moto


18/Fev 21:01
Réplica McLaren com palitos de fósforos


18/Fev 20:54
McLaren está usando uma nova calota


11/Fev 16:22
Massa supera Räikkönen e termina testes


11/Fev 14:55
Kimi e Massa, voltas impressionantes


06/Fev 17:47
Schumacher vira proprietário de equipe


01/Fev 11:58
Red Bull utiliza nova asa radical


31/Jan 16:21
Renault faz lançamento oficial do R28


30/Jan 15:02
Novo carro fará a Honda mais competitiva


29/Jan 15:33
Brawn está gostando do desafio de ajudar

     |    próxima >
Veja frases sobre o GP da Malásia.
Autor: Adriano Grygonis 08/Abr 19:37


06/04/2009 - 12h06

Tempestade e horário atrapalham pilotos; veja frases sobre o GP da Malásia

Do UOL Esporte

A chuva já aparecia como possível protagonista do Grande Prêmio da Malásia desde o início das sessões de treino. No entanto, a tempestade que caiu em Sepang, neste domingo, foi mais forte que o previsto e atrapalhou pilotos e o andamento da segunda etapa da temporada 2009 de Fórmula 1. A corrida foi encerrada na 32ª volta, e Jenson Button, da Brawn, que liderava no momento da interrupção, ficou com os pontos da vitória (apenas a metade foi computada, pois a prova não teve mais de dois terços completados).

Com pouco mais de uma hora de prova, um temporal caiu por todo o circuito de Sepang e deixou a pista impraticável. O safety car foi utilizado, mas a chuva era tão forte que acabou dando fim à corrida. Os comissários esperaram pouco menos de uma hora antes de declarar a prova terminada, já que a chuva não cedeu e a luz natural, aos poucos, acabou. A corrida começou no fim da tarde na Malásia.

Antes que todos os carros começassem a aquaplanar no circuito encharcado, surgiu a bandeira vermelha que interrompeu a prova. Na 32ª volta, após algumas voltas com o safety car na pista, os carros pararam na reta de largada. A maioria dos pilotos saiu dos carros, que foram cobertos com lona.

Apesar do final de corrida inesperado, que não acontecia desde o GP da Austrália, em 1991, os pilotos apoiaram a decisão da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), que chegou a iniciar o procedimento de relargada, mas optou pelo fim da prova. Entretanto, o horário de disputa da prova na Malásia ainda é um ponto polêmico entre os envolvidos com a corrida.

"Tinha até peixe no meu pé. Foi um bom dia, com boas disputas. Aí a chuva começou a pintar..."
Rubens Barrichello, piloto da Brawn GP. Leia mais

"Só me arrependo por causa da chuva. Não vejo nada de errado com o horário da largada. Apenas não sabíamos da chuva. Se tivéssemos iniciado a prova às 14 horas locais, teria chovido da mesma forma."
Bernie Ecclestone, chefão da Fórmula-1. Leia mais

"A chuva começou de leve, sem afetar a pista, e algumas equipes pararam para trocar os pneus. Continuei de slicks, mas, aí, apertou."
Felipe Massa, piloto da Ferrari. Leia mais

"Era impossível recomeçar. Nós estávamos pilotando na velocidade de uma caminhada e sabíamos que a chuva não iria parar."
Nick Heidfeld, piloto da BMW. Leia mais

"Eu estava aquaplanando em todos os lugares. Quando a chuva veio, estava impossível pilotar. Foi uma decisão correta parar a prova."
Lewis Hamilton, piloto da McLaren. Leia mais

"Eles tomaram a decisão correta ao interromper a prova. Estava escuro, então foi uma medida inteligente não reiniciar a corrida."
Mark Webber, presidente da Associação de Pilotos da F-1 (GPDA). Leia mais

"Não conseguia ver nada no circuito. As condições estavam muito ruins. A equipe me falava para continuar pilotando, e eu tinha que me manter na pista."
Jenson Button, piloto da Brawn GP. Leia mais

"Não temos certeza sobre a hora exata da prova do próximo ano, mas estamos analisando isso."
Datuk Mokhzani, presidente do circuito de Sepang, em entrevista ao jornal New Straits Times.

"Estava impossível guiar antes da bandeira vermelha. Era difícil pilotar o carro. Não tínhamos nada o que fazer para melhorar a situação."
Nelsinho Piquet, piloto da Renault. Leia mais

"Não devemos ter uma corrida no fim da tarde. Ou temos uma corrida sem holofotes, que termine cedo, ou uma corrida noturna."
Mario Theissen, chefe da BMW. Leia mais

"Tivemos azar. Acredito que, se não fosse o clima, o horário era perfeito para a Europa. Com certeza, quem assistiu a prova se divertiu."
Flavio Briatore, chefe da Renault.



 


© COPYRIGHT 2007 PRIMEKART - All rights reserved